Cavalo preto: a história da música preferida de José Leôncio em 'Pantanal', que tem virado piada nas redes


Fãs da novela tem brincado com a obsessão do fazendeiro

Porto Velho, RO - Os peões de "Pantanal" já sabem: "Cavalo preto" é a moda de viola favorita do patrão, José Leôncio. A turma na internet tem até feito graça, dizendo que Tibério não aguento mais tocar essa música - ainda mais agora que José Lucas do Nada, o outro filho de Leôncio, chegou e também adora a música. Dizem que "Cavalo preto" é o melhor teste de DNA do Brasil.

Mas da onde vem "Cavalo preto" para fazer tanto sucesso assim por aquelas bandas? A história é longa.

Na primeira versão da novela, escrita por Benedito Ruy Barbosa em 1990, "Cavalo preto" já era reverenciada na voz de Sérgio Reis, que fazia parte do elenco como Tibério. O cantor foi um dos muitos artistas que gravou a composição de Anacleto Rosas Júnior, compositor de canções caipiras nascido em Mogi das Cruzes, em 1911. A primeira gravação de "Cavalo preto" aconteceu em 1946 pela dupla Palmeira e Luizinho. De lá para cá, Tonico e Tinoco, Inezita Barroso, o prório Sérgio e vários outros artistas também gravaram a música.

Piadas na rede

No Twitter, muitos fãs da novela têm brincado com a obsessão de Zé Leôncio com a música. Teve gente dizendo que até Katy Perry gravou uma versão (visto que a cantora tem uma música chamada "dark horses") e outros fazendo piada com as faixas da trilha sonora.

Fonte: O Globo


Postar um comentário

0 Comentários