Bolsa opera com instabilidade, com tensão entre Rússia e Ucrânia; dólar é cotado abaixo de R$ 5,15


Ibovespa subia de manhã, mas passa a oscilar altas e baixas nesta tarde, acompanhando mercados internacionais

Porto Velho, RO - A Bolsa opera com instabilidade nesta manhã, acompanhando o desempenho de bolsas internacionais, enquanto investidores avaliam a situação na fronteira entre Rússia e Ucrânia. O dólar, por sua vez, recua.

Por volta das 12h, o Ibovespa recuava 0,02% aos 113.507 pontos, após ter subido pela manhã. A moeda americana cai 0,52%, cotada a R$ 5,14.

Na véspera, os mercados internacionais recuaram com o temor renovado de uma invasão russa, após o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, ter dito que havia “alto risco” de que isso ainda acontecesse.

Nesta sexta-feira, as ações avançam nos Estados Unidos, ainda que levemente, diante da possibilidade de um diálogo entre o secretário de Estado dos EUA, Anthony Blinken, e o ministro das relações exteriores da Rússia, Sergei Lavrov.

Em Nova York, os índices sobem entre 0,1% e 0,3%. Na Europa, as principais praças oscilam entre baixas e altas.

No Brasil, ajudaram a puxar a alta do índice mais cedo os papéis ordinários (ON, com voto) da Vale (VALE3), que avançava 1,13%, acompanhando a alta do minério.

Além disso, companhias do setor financeiro e varejistas também sobem, recuperando-se das quedas de ontem.As ações ON do Banco do Brasil (BBAS3) subiam 1,50% e as preferencias (PN, sem voto) do Bradesco (BBDC4), 1,04%. Já os papéis ON da Magazine Luiza (MGLU3) tinham valorização de de 1,51% e os da Via (VIIA3), de 1,50%.

Fonte: O Globo


Postar um comentário

0 Comentários