Ao ironizar criança do Teleton, Leo Lins ofendeu netos de Silvio e Ratinho

Ele tem histórico de polêmicas decorrentes de tentativas de fazer rir citando pessoas com limitações

Porto Velho, RO
- Leo Lins se indispôs com os dois homens mais importantes do SBT com sua tentativa de fazer piada debochando de um ‘menino com hidrocefalia do Teleton’.

O dono e principal apresentador do SBT, Silvio Santos, e o apresentador e proprietário de afiliadas da TV, Ratinho, são avós de crianças com necessidades especiais.

Primogênita da ‘filha número 2’, Silvia Abravanel, Luana, hoje com 24 anos, nasceu com a síndrome de galactosemia, que impede a metabolização do açúcar do leite, e possui déficit neurológico por problemas durante o parto.

No Teleton de 2021, a apresentadora se emocionou ao falar da jovem. “A minha filha precisou muito da AACD”, disse diante das câmeras do SBT. Referência no País, a Associação de Assistência à Criança Deficiente atende gratuitamente pacientes de todas as classes sociais.

Ratinho já postou várias fotos ao lado do neto, Noah, de 4 anos, que sofre de hidrocefalia, condição que gera acúmulo de líquido nas cavidades internas do cérebro.

“Ele é o nosso anjinho”, afirmou o comunicador, dono da Rede Massa, TV afiliada do SBT com 5 emissoras no Paraná. “Temos que viver com as limitações que ele tem, mas com o mesmo amor.” Noah é filho de Gabriel Massa, que comanda o grupo de comunicação da família.

Ao serem informados da ironia feita por Leo Lins em uma apresentação de stand-up, Silvio e Ratinho se sentiram diretamente atingidos. O humorista que trabalhava com Danilo Gentili no ‘The Noite’ foi demitido.

Ele tem histórico de polêmicas decorrentes de tentativas de fazer rir citando pessoas com limitações. Satirizou autistas, surdos-mudos, portadores do Mal de Parkinson e obesos. Fez piada também com gays e transexuais.

Leo usa o politicamente incorreto como sua bandeira. Nas vezes em que foi ‘cancelado’, teve shows suspensos em razão de controvérsias ou virou réu em processos, disse ter sido vítima de censura.


Fonte - Terra

Postar um comentário

0 Comentários