Prefeito participa de reunião do Comitê Gestor do Alfabetiza Porto Velho


Programa instituído em parceria com o TCE-RO tem como objetivo alfabetizar todas as crianças da rede municipal até o 3º ano do ensino fundamental

Porto Velho, RO - Seguindo com as ações estratégicas que buscam alavancar os resultados da educação no município de Porto Velho, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação (Semed), promoveu na tarde desta quarta-feira (13) a 2ª reunião do Comitê Gestor do Programa de Aprimoramento da Política de Alfabetização na Idade Certa.

O encontro aconteceu na sede da secretaria e contou com a participação do prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves. “Eu acredito que essa pandemia atrapalhou muito a nossa educação, imagino que todas as unidades da federação tenham experimentado um retrocesso.

O que nos resta é seguir em frente, por isso a importância de trazer pessoas, ter esse assessoramento para que a gente possa avançar. Eu parabenizo a todos nós que estamos trabalhando de forma colaborativa em busca de um aprimoramento”, comentou o prefeito ao falar da parceria com o Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE-RO).


Prefeito destacou a parceria com o TCE-RO

O encontro também contou com a presença do presidente do TCE-RO, Paulo Curi Neto. “Eu quero destacar a importância do prefeito aqui e por priorizar e valorizar a educação. Nós elegemos, para este programa, Porto Velho como piloto. Nós estamos procurando induzir que a gestão seja orientada a resultados, que faça avaliação e monitoramento e que ela se envolva com a formação dos profissionais da educação”, disse o presidente do TCE-RO.

Também estiveram presentes o Procurador-Geral do Ministério Público de Contas, Adilson Moreira de Medeiros, o promotor de Justiça do Ministério Público de Rondônia (MP-RO), Julian Imthon Farago, a consultora do TCE, professora Rita Paulon, e a secretária da Semed, Gláucia Negreiros.

ALFABETIZA PORTO VELHO

O Programa Alfabetiza Porto Velho, instituído na rede municipal de ensino, teve início no ano passado e tem como objetivo alfabetizar todas as crianças da rede até o 3º ano do ensino fundamental conforme os pressupostos da Base Nacional Comum curricular (BNCC).

A elaboração do Programa nasceu por meio de um esforço conjunto e colaborativo da Semed com o apoio técnico do TCE-RO para melhorar os processos de alfabetização nas escolas da rede, contribuindo e apoiando as unidades escolares para que a alfabetização aconteça na idade certa.


O Programa Alfabetiza tem a meta de alfabetizar 85% das crianças até o final do 1º ano

Para que os resultados na alfabetização sejam obtidos, a Semed com o suporte do TCE vem realizando a formação de professores multiplicadores alfabetizadores em toda a rede que alcançam os demais professores e que atuam especificamente com a alfabetização.

O objetivo da formação que já capacitou mais de mil profissionais é contribuir para o aperfeiçoamento das competências e habilidades pedagógicas tanto dos professores alfabetizadores quanto dos técnicos e gestores, em razão da necessidade de preparação desses agentes públicos para que sejam um dos pilares para a alavancagem dos resultados de alfabetização na idade certa.

As formações iniciaram em junho do ano passado, ministrados pelas consultoras do TCE, Suely Aparecida Amaral (professora doutora) e Rita de Cássia Paulon (professora mestra). “Nós temos toda uma rotina de evidenciar se o programa está alcançando êxito ou não, da aplicação e da avaliação por meio de instrumentos que são disponibilizados. E essas reuniões de comitê acontecem a cada dois meses”, explicou Gláucia Negreiros.

METAS

Somados, os alunos dos três primeiros anos chegam a um total de aproximadamente 15 mil crianças na rede municipal de ensino. No Programa Alfabetiza foram estabelecidas as seguintes metas: alfabetizar 85% das crianças até o final do 1º ano; alfabetizar 100% dos alunos até o final do 2º ano e promover a ampliação da leitura e compreensão de textos de todos os alunos do 3º ano do ensino fundamental.

Texto: Renata Beccária
Fotos: Saul Ribeiro
Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)


Postar um comentário

0 Comentários