Publicidade

Confúcio Moura se licencia do Senado; Comissão da Covid-19 terá novo presidente

Confúcio: licença até janeiro do ano que vêm


Porto Velho, Rondônia - O senador Confúcio Moura (MDB-RO) anunciou no início da sessão deliberativa desta terça-feira (21) que vai se licenciar do Senado para tratar de assuntos particulares. O requerimento de licença foi lido e aprovado em Plenário. Ele ficará ausente no período de 24 de setembro de 2021 a 24 de janeiro de 2022.

A Secretaria-Geral da Mesa do Senado fará a convocação da primeira suplente do senador, Maria Eliza de Aguiar e Silva.

Confúcio Moura anunciou que passará a presidência da Comissão Temporária da Covid-19, que acompanha as ações de combate à pandemia, para o senador Styvenson Valentim (Podemos-RN). O colegiado deve funcionar até novembro de 2021, quando acaba sua vigência.

Balanço - Confúcio Moura fez um balanço dos trabalhos da Comissão Temporária da Covid-19, que completou 200 dias. Ele destacou que foram realizadas 42 audiências, com 59 convidados. Ele também agradeceu a todos os senadores que são membros dessa comissão e aos ministros de Estado que participaram das audiências.

“Nós temos condições de escrever a história da pandemia. Acompanhamos todas as fases, os altos e baixos, os dramas das cidades. Com a comissão, saíram as ideias de muitos projetos que se transformaram em leis. Nós estivemos presentes [com a comissão], o Senado se fez presente nesta crise pandêmica. E sempre trouxemos as informações atualizadas ao Senado e à Vossa Excelência”, afirmou ele ao se dirigir ao presidente da Casa, Rodrigo Pacheco.

Pacheco agradeceu a Confúcio Moura pelo empenho no comando do colegiado.

“Muito obrigado, senador Confúcio Moura. Muito sucesso a Vossa Excelência. Meus parabéns pela condução da comissão, que prestou e presta excelentes serviços ao Brasil no combate a essa terrível doença”, disse o presidente do Senado.

Fonte: Agência Senado

Postar um comentário

0 Comentários