Publicidade

Afeganistão: EUA realizam ataque aéreo contra Estado Islâmico

Foto Ilustrativa


Porto Velho, Rondônia - O Pentágono anunciou que realizou um ataque aéreo com drones contra alvos do ramo afegão do Estado Islâmico, o Isis-K. Pelo menos uma pessoa morreu.

A ação militar foi uma resposta ao atentado promovido pelo grupo terrorista nas proximidades do aeroporto de Cabul, capital do Afeganistão, na última quinta-feira (26). Mais de 180 pessoas morreram, incluindo 13 militares americanos.

Segundo a Casa Branca, o ataque aéreo não tripulado ocorreu na província de Nangahar. De acordo com o governo dos Estados Unidos, a missão foi um sucesso e não há informações sobre vítimas civis. 
Ainda não está claro se o indivíduo-alvo estava diretamente envolvido o atentado de quinta-feira.

Pronunciamento de Biden -Em pronunciamento feito na última quinta-feira (26), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que irá caçar os terroristas responsáveis pelos ataques nas proximidades do aeroporto de Cabul, na capital do Afeganistão. “Não iremos esquecer, nem perdoar. Vamos caçar vocês e fazê-los pagar", disse.

Biden disse estar com o coração partido e afirmou que não vai esquecer ou perdoar o que aconteceu. Ele também garantiu que vai adotar todas as medidas que estão ao seu alcance para que o ramo afegão do Estado Islâmico pague pelas suas ações.

Apesar disso, o líder norte-americano descartou que o país faça novas operações militares no Afeganistão.

Biden ainda chamou de heróis as vítimas norte-americanas que trabalham no que considerou ser um dos maiores resgates da história da humanidade.

Fonte – Band

Postar um comentário

0 Comentários