Polícia recaptura mais dois fugitivos da Penitenciária Milton Soares em Porto Velho


Ao todo, três dos seis fugitivos já foram recapturados por Policiais Militares e Policiais Penais

Porto Velho, RO - Dois fugitivos da Penitenciária Estadual Milton Soares de Carvalho em Porto Velho (RO) foram recapturados nesta quarta-feira (27). Com isso, apenas três detentos estão sendo procurados pela polícia.

O segundo detento a ser recapturado foi Francisco Romário Barbosa do Nascimento. Policiais Penais localizaram o fugitivo em um condomínio na Avenida Mamoré, bairro Planalto. Na zona Leste de Porto Velho. Francisco foi recapturado na tarde desta quarta.

A terceira prisão ocorreu também na noite de quarta-feira. Os policiais militares da Força Tática do 5° Batalhão estavam realizando patrulhamento na zona Leste.

Ao chegarem nas proximidades de um campo de futebol viram Marcos Nascimento Pinheiro. O fugitivo ainda tentou esconder o rosto enquanto fingia ler um jornal. Mas ao perceber a aproximação da guarnição ele saiu correndo em direção a um matagal.

Durante a fuga ele acabou caindo e recebeu voz de prisão. Do mesmo modo, o primeiro detento a ser recapturado foi Lauro Cristian, conhecido como “Sintonia”.

Lauro foi preso no dia da fuga após cair e se machucar no alambrado da penitenciária. O detento recebeu voz de prisão e foi levado a uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Continuam foragidos os detentos Fabiano Pedrosa Pereira, José Carlos da Silva Teixeira, e Roney Lopes da Silva.
Detentos serram grade e fogem de penitenciária

Na madrugada da última terça-feira (26), seis detentos fugiram da Penitenciária Estadual Milton Soares de Carvalho em Porto Velho.

De acordo com a reportagem do Plantão de Polícia, os detentos serraram as grades da cela por volta das 3 horas da madrugada e fugiram.

Na manhã de terça-feira, policiais militares com apoio do NOA (Núcleo de Operações Aéreas) fizeram buscas pelos fugitivos.

Caso a população tenha notícias que possam levar a prisão dos foragidos o número para denúncias é o 190 da Polícia Militar.







Postar um comentário

0 Comentários