Avô é preso por estuprar e deixar neta de 3 anos com as partes íntimas machucadas


O pai da criança compareceu a Depca para formalizar denúncia contra o homem.

Porto Velho, RO - Equipes da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) cumpriram, nesta sexta-feira (22/07), por volta das 8h, mandado de prisão preventiva em nome de um homem de 48 anos, pelo crime de estupro de vulnerável cometido contra sua neta, uma criança de 3 anos, praticado no dia 15 de maio deste ano.

A delegada Joyce Coelho, titular da unidade especializada, disse que as diligências para prender o autor iniciaram após a vítima, na companhia de seu pai, comparecer na delegacia para formalizar uma denúncia contra o avô materno da criança.

“O genitor afirmou ter notado um comportamento diferenciado por parte da vítima e observou que as partes íntimas da menina estavam machucadas. A criança conversou com o seu pai e disse que seu avô a tocou enquanto esteve na casa dele”, explicou.

Diligências

Joyce falou, ainda, que no fim da tarde de quinta-feira (21/07), por volta das 6h15, os policiais civis da Depca se deslocaram até a residência do homem, localizada no bairro Cidade de Deus, zona norte, no entanto, o mesmo não se encontrava no imóvel.

“Ainda em busca do infrator, as equipes saíram em diligências novamente, na data de hoje, para cumprir a ordem judicial em nome do autor. A prisão dele foi realizada no momento em que o mesmo veio à delegacia, com seu advogado”, disse.

O mandado foi expedido no dia 20 de julho deste ano, pelo juiz Henrique Veiga Lima, da Central de Plantão Criminal.

O homem responderá pelo crime de estupro de vulnerável e ficará à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: Diário da Amazônia


Postar um comentário

0 Comentários