Projeto Rua de Lazer e Cidadania atende ao bairro Três Marias


Comunidade foi contemplada com atividades recreativas, esportivas e serviços sociais

Porto Velho, RO - Em sua quinta edição deste ano, o projeto Rua de Lazer e Cidadania tem levado uma programação diferenciada aos bairros e distritos de Porto Velho. No último sábado (11), foi a vez do bairro Três Marias, na Escola Municipal Engenheiro Wadih Darwich Zacarias, zona Leste da cidade.

Idealizado pela Prefeitura de Porto Velho e coordenado pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semes), o projeto tem ampliado as ofertas de serviços, proporcionando além do lazer e diversão, atendimentos voltados à cidadania e saúde. Segundo o secretário adjunto da Semes, Edilson Pacheco, trata-se de um projeto que tem gerado a participação expressiva por parte da população, sendo expandido para os distritos.


Atividades esportivas e recreativas foram ofertadas à comunidade

“Temos levado um conjunto de atividades de cunho esportivo, lazer e social para dentro dos bairros e dos distritos. Pois essas comunidades merecem esses atendimentos. Recentemente estivemos no distrito de Extrema, onde oferecemos toda essa estrutura. Nossa intenção é ampliar cada vez mais”, destacou Pacheco.

PROGRAMAÇÃO

Durante toda a manhã, adultos, jovens e crianças foram contemplados com atividades recreativas, esportivas, como pintura de papel e facial, pebolim, basquete, vôlei, ping pong, pula-pula, corrida de saco, futsal, teatro de fantoche e roda de leitura. Todas brincadeiras e atividades contaram com o apoio de animadores e estagiários do curso de Educação Física da Faculdade Fimca.

A moradora do bairro Débora Tavares aproveitou a manhã animada e levou seu sobrinho de oito anos para se divertir. “É bom para que elas distraiam a mente, saiam da rotina com esporte e lazer. É benéfico demais para o desenvolvimento das crianças, principalmente para aquelas que não têm acesso a momentos como este”, concluiu Débora.

Na programação teve ainda a ação educativa no trânsito, feita pela e a Secretaria de Trânsito (Semtran), que também garantiu a sinalização do local. O Espaço Vida Melhor, que ofertou massagens terapêuticas e aferição de pressão. A Biblioteca Viveiro das Letras contou com livros de histórias e pintura no papel. Já a Semdestur ofertou cortes de cabelo gratuitos.


Filho da moradora Tatiane da Silva garantiu o RG durante a programação

CIDADANIA

Os moradores também tiveram a oportunidade de fazer a emissão do ID Jovem (de 15 a 29 anos), que garante benefícios no transporte interestadual, inscrição gratuita em concursos e descontos em eventos culturais. Para quem precisou emitir o Registro Geral (RG), o Sistema Nacional de Empregos (Sine) de Porto Velho ofertou atendimentos.

A dona de casa, Tatiane da Silva, não perdeu tempo e aproveitou a ação do projeto para emitir o primeiro RG do filho mais novo de seis anos. Emocionada, ela conta que o serviço ofertado chegou no momento oportuno.

“A gente sabe a dificuldade que enfrentamos para fazer a retirada de documentos. E ter essa oportunidade, próximo de nossa casa, é muito gratificante. As equipes foram muito atenciosas e fico muito grata por isso. Além de proporcionar um momento de diversão para meu filho, pude sair daqui com a documentação na mão. A gratidão vem pelo sorriso estampado no rosto dele”, declarou Tatiane.

A próxima parada do projeto Rua de Lazer e Cidadania acontecerá no distrito de Calama, de 17 a 22 de junho, paralelo ao campeonato Interdistrital. “Nesse período, assim como algumas atividades que também serão realizadas, o nosso projeto será levado no distrito durante a grande festa esportiva, em Calama. Nosso propósito é estender esse atendimento em todas as localidades do município”, concluiu Pacheco.

PARCEIROS DO PROJETO

O Rua de Lazer e Cidadania conta com a integração das seguintes secretarias: Educação (Semed), Saúde (Semusa), Meio Ambiente (Sema), Serviços Básicos (Semusb), Trânsito (Semtran), Comércio, Turismo, Indústria e Trabalho (Semdestur), Ação Social e Família (Semasf), da Fundação Cultural de Porto Velho (Funcultural), e a Superintendência de Integração e Desenvolvimento Distrital.






















Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Postar um comentário

0 Comentários