Colômbia escolhe entre ex-guerrilheiro e 'rei do TikTok' em eleições presidenciais no domingo


Porto Velho, Rondônia - Os colombianos vão escolher entre o esquerdista e ex-guerrilheiro Gustavo Petro e o empresário “rei do TikTok” Rodolfo Hernández no segundo turno das eleições presidenciais, neste domingo (19).

Os candidatos estão empatados nas pesquisas antes da votação para substituir o presidente Iván Duque, que não pode concorrer novamente.

O colombiano Gustavo Petro saiu em primeiro lugar no primeiro turno da eleição presidencial do país andino com 40,32% dos votos. Hernández somou 28,2%.

O candidato, de 62 anos, prometeu uma bateria de programas sociais para o país profundamente polarizado, onde a violência de um conflito de seis décadas está em andamento e quase 50% das pessoas vivem em alguma forma de pobreza.

Petro espera que o registro nacional, que criticou por problemas de contagem de votos durante as eleições para o Congresso, garanta que a apuração seja justa.

Sua primeira prioridade no cargo será combater a fome, especialmente entre as crianças. Em seguida, ele quer impulsionar a agricultura, o turismo e a produção legal de cannabis para que a Colômbia possa começar a substituir a renda das principais exportações de petróleo e carvão.

O ex-guerrilheiro disse que vai respeitar os contratos já assinados de petróleo e mineração, inclusive de exploração, mas não assinará novos. Suas promessas abalaram muitos no setor de energia, bem como alguns investidores.

Segundo ele, a implementação total de um acordo de paz de 2016 com os rebeldes das Farc "desativará parcialmente" grupos de ex-combatentes ainda armados. Petro planeja iniciar rapidamente negociações com rebeldes ativos do ELN, além de reconstruir as relações diplomáticas com a Venezuela.

Autointitulado “rei do TikTok”, de 77 anos, Hernández pegou muitos de surpresa quando, sem nenhum partido político, obteve 28,2% dos votos, ficando em segundo lugar nas eleições presidenciais de 29 de maio.

De acordo com analistas, o salto eleitoral de Hernández se deve à sua retórica anti-establishment. Sem emitir nenhuma plataforma detalhada, o candidato se baseou na luta contra a corrupção como uma solução completa para os problemas da Colômbia.

No entanto, ele está sob investigação por supostamente intervir em uma licitação de coleta de lixo enquanto servia como prefeito de Bucaramanga para beneficiar uma empresa para a qual seu filho havia feito lobby. Ele nega as acusações.

O candidato se comprometeu a explorar as negociações de paz com os rebeldes do Exército de Libertação Nacional (ELN) e a implementar o acordo de paz de 2016 com o ex-guerrilheiro das Farc.

A campanha de Hernández tem se destacado por causa de seus vídeos no TikTok e suas palavras contundentes contra políticos, que ele chama de “máfia” e “ladrões”.

Fonte – R7

Postar um comentário

0 Comentários