Presidente Alex Redano visita Nova União e Mirante da Serra e acompanha aplicação de recursos


Somados, os dois municípios receberam R$ 1,2 milhão nos últimos anos, fruto da atuação do deputado.

Porto Velho, RO - O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), está no interior do Estado acompanhando a aplicação dos recursos que ele tem destinado aos municípios, através de sua atuação parlamentar. Nesta terça-feira (24), o deputado esteve nas cidades de Nova União e Mirante da Serra. Somados, os dois municípios receberam nos últimos anos R$ 1,2 milhão em investimentos, contemplando diversos setores e beneficiando a população.

Em Nova União, Alex Redano foi recebido pelo vereador Marcão (MDB) e pelo prefeito João Levy (PSD). Lá, o deputado acolheu novas demandas e ressaltou que foram R$ 650 mil investidos no município, através de seu mandato, nos últimos três anos. São R$ 50 mil em emenda, para a compra de medicamentos para a rede municipal de saúde.

R$ 200 mil para a recuperação de estradas vicinais já foram liberados; R$ 300 mil para a iluminação em LED e mais R$ 100 para a saúde municipal contratar serviços médicos especializados, estão em fase de tramitação.

O prefeito agradeceu ao presidente Alex Redano pelo empenho com o município. “Independentemente de siglas partidárias, notamos que o presidente Alex tem um carinho especial pelos municípios que precisam, e somos gratos ao apoio ao nosso município". O vereador Marcão reforçou que graças ao empenho do presidente Alex Redano essas ações estão se tornando realidade.

Mirante da Serra

Já em Mirante da Serra, Alex Redano foi recebido pelos vereadores Kiti do Esporte (PP) e Mazinho (PSB), e pelo prefeito Evaldo Duarte (PDT). Mirante foi contemplado com R$ 580 mil em investimentos, nos últimos três anos, graças à atuação do deputado.

Foram R$ 180 mil já liberados para a compra de um veículo para o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Estão em fase de liberação R$ 200 mil para a cobertura da arquibancada do estádio municipal, e mais R$ 200 mil para a aquisição de um aparelho de raio-X.

Fonte: ALE/RO


Postar um comentário

0 Comentários