Porto Velho anuncia mudanças no sistema de licenciamento em reunião com representantes empresariais


Encontro discutiu desburocratização e avanços no setor

Porto Velho, RO - Com foco em uma economia verde, a Prefeitura de Porto Velho contribui para que os proprietários de estabelecimentos comerciais e empresariais orientem suas atividades de forma sustentável. Para isso, uma proposta para desburocratizar o sistema de licenciamento ambiental foi apresentada aos agentes da economia local. Um encontro, realizado nesta quinta-feira (5), foi promovido na sede do Poder Executivo.

O encontro entre os representantes de entidades de classe foi promovido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), em parceria com Agência de Desenvolvimento de Porto Velho (ADPVH).

Segundo o titular da Sema, Alexandro Miranda Pincer, uma nova resolução de atividades propõe dispensar aproximadamente 700 Classificações Nacionais de Atividades Econômicas (CNAEs) e reenquadrar outras 2,8 mil. “Com isso, fomentamos o comércio e a indústria, estimulando o interesse de quem deseja empreender em Porto Velho com maior celeridade nos processos. É essa a intenção”, falou.


Alexandro Pincer, secretário municipal de meio ambiente

Os atores, que fomentam, empregam e fazem girar a economia na cidade, estão sendo ouvidos sobre o que a administração municipal tem preparado como proposta para melhorar o ambiente de negócios. “Já estamos praticamente com 90% dos processos de facilitação e de sistemas prontos. Acreditamos que em mais algumas semanas já deve ser publicado”, acrescenta o secretário da Sema. As alterações e facilitação já vem sendo discutidas pela Prefeitura há cerca de oito meses.

DESONERAÇÃO E TECNOLOGIA

Para Marcelo Thomé, presidente da ADPVH, as mudanças propostas contribuem na desoneração dos setores e também no processo de melhoria tecnológica do licenciamento.

“Para qualquer serviço, os empreendedores precisam de atenção e isso deve ocorrer de maneira fácil, ágil e sem burocracia. Por isso, teremos uma nova plataforma que vai facilitar o envio digital de documentos. O município tem dado um salto enorme nos últimos anos em atenção aos investidores, pessoas que fazem a nossa economia ser mais forte e que o desenvolvimento seja cada vez mais presente”, explica Thomé.


Marcelo Thomé, presidente da Agência de Desenvolvimento de Porto Velho

CONTRIBUIÇÃO

“Este encontro é muito importante neste momento de retomada da economia. Os empresários puderam expor as suas demandas e precisamos dessa parceria com o município e o Estado”, comentou Agno Roberto Monteiro, representante da Associação Comercial do Estado de Rondônia (ACR).

REPRESENTAÇÕES

Estiveram presentes, ainda, representantes da Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero), da Federação do Comércio de Rondônia (Fecomércio), da Associação Comercial e Empresarial de Porto Velho (Acep), além da Associação Comercial do Estado de Rondônia (ACR).


Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)


Postar um comentário

0 Comentários