De sexta a domingo a PRF registrou 22 ocorrências criminais


Mandados de prisão, crimes de trânsito, crimes ambientais dentre outros foram observados entre 29 de abril e 01 de maio

Porto Velho, RO - A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia, entre os dias 29 de abril e 01 de maio, registrou 22 ocorrências criminais no Estado.

SEXTA-FEIRA (29)

Na área de responsabilidade da 1ª Delegacia, três ocorrências foram encaminhadas à polícia judiciária: um homem, com mandado de prisão em aberto por débito em pensão alimentícia desde 2018 foi identificado transitando na BR 364, próximo à Candeias do Jamari.

Um motociclista, envolvido em acidente de trânsito próximo ao viaduto da Campos Sales foi preso por dirigir embriagado e por adulteração veicular, pois os policiais constataram que a motocicleta estava com o número do chassi raspado. Por fim, em Guajará Mirim, na BR 425, outra motocicleta adulterada foi apreendida. A placa do veículo não era a mesma registrada para o chassi e o número de motor registrados nos sistemas oficiais de consulta.

Na 2ª Delegacia em Ji-Paraná/RO, houve um flagrante de tráfico de drogas, na BR 364 Km 352 (UOP Ji-Paraná). Um homem, de 28 anos, passageiro de um táxi que tinha como destino Ji-Paraná foi detido transportando pouco mais de 1 Kg de maconha e uma pequena porção de cocaína.



A 3ª Delegacia em Ariquemes/RO realizou o flagrante de um crime de trânsito e de um crime ambiental. Conforme já noticiado na sexta-feira, durante a madrugada, policiais observaram um caminhão transportando madeira (tora) sem as documentações legais.

Ainda na área de responsabilidade da DEL 03, no município de Jaru, houve o registro de um acidente de trânsito entre um caminhão e uma motocicleta. Um homem, de 21 anos, condutor da motocicleta, faleceu no local em decorrência dos ferimentos. A Polícia Civil investigará os fatos.

Já na 4ª Delegacia em Vilhena/RO houve mais um registro de crime ambiental, no qual 32 m³ de madeira serrada eram transportados em desacordo com a lei (violação do Art. 46 da Lei 9.605/98).

SÁBADO (30)

Na jurisdição da 1ª Delegacia foram registrados 6 ocorrências. Na Avenida Jorge Teixeira (BR-319), policiais em ronda observaram um condutor não habilitado dirigindo um automóvel. Apesar de parecer ser um caso de infração (multa), este fato constitui crime de trânsito. A proprietária do veículo (e mãe do condutor) foi responsabilizada, devendo se apresentar ao Poder Judiciário para novas diligências; Na BR 364, próximo à região dos supermercados atacadistas, o motorista de um caminhão que transportava sucata foi preso por porte ilegal de arma de fogo.

O homem trazia consigo uma pistola, calibre .380 e mais de 30 munições. Ainda na BR 364, mas na área rural, próximo à Penitenciária Federal, o condutor de um veículo de passeio foi preso após fiscalização de trânsito. Ao realizar as pesquisas documentais, os policiais identificaram um mandado de prisão em aberto, por condenação em crime de furto, emitido em desfavor do motorista.



Na BR 425, região de Nova Mamoré e Guajará-Mirim, área de responsabilidade da DEL 01, foram registrados dois flagrantes criminais de contrabando de cigarros. Na ocorrência mais relevante, conduzida por policiais do Comando de Operações Especializadas do Norte (COE-Norte), 2500 maços de cigarro e 7 Kg de folha de coca in natura foram interceptados com um comerciante local. O homem afirmou que venderia o material para dragas que operam em rios da localidade.

A 2ª Delegacia em houve duas ocorrências criminais registradas em consequência de acidentes de trânsito nas quais os motoristas foram detidos por alcoolemia - conduzir o veículo com a capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool (Art. 306). Em Ji-Paraná, um motociclista embriagado atropelou um ciclista na BR 364.

As penas referentes ao crime de lesão corporal na direção de veículo automotor são aumentadas neste caso, em razão da alcoolemia constatada pelos policiais. Já em Pimenta Bueno, houve o registro de acidente de trânsito entre um caminhão e um veículo de passeio. Ambos motoristas foram submetidos ao teste do etilômetro.

O condutor do caminhão apresentou resultado negativo para consumo de álcool; já o motorista do veículo de passeio tinha concentração de álcool no corpo quase três vezes superior ao limite legal (limite legal: 0.30 mg/L - resultado teste: 0.93 mg/L). Os motoristas, após atendimento médico, foram conduzidos presos à autoridade policial.

Na 4ª Delegacia em Vilhena/RO houve um novo flagrante de crime ambiental, no qual quase 30m³ de madeira serrada eram transportados com divergência entre a documentação e a essência (tipo de madeira) observada in loco.

DOMINGO (01)

A 1ª Delegacia em Porto Velho/RO registrou três ocorrências: na Capital, um homem foi detido após constatação de que desligou, deliberadamente, a tornozeleira eletrônica que usava, em razão de condenação penal. No fim da noite, mais um motorista foi detido por embriaguez ao volante. Em Guajará-Mirim, o motorista de um caminhão foi detido por descaminho, após a equipe evidenciar o transporte de quase 200 produtos eletrônicos.

Em Ji-Paraná (Del 02), na BR 364, registramos um flagrante de porte ilegal de arma de fogo. Um homem, trazia em sua cintura, uma pistola Beretta, calibre 22. O infrator não apresentou documentação para transporte ou porte do armamento.

Em Itapuã do Oeste, trecho da 3ª Delegacia (Ariquemes), um motorista foi preso após desobedecer ordem de parada e tentar fugir da fiscalização causando perigo de dano. Os policiais constataram que o infrator estava bêbado e que não tem carteira de habilitação.

Por fim, em Cerejeiras, área de responsabilidade da 4ª Delegacia (Vilhena) houve um óbito em decorrência de acidente de trânsito. O condutor de um veículo.

Fonte: Assessoria PRF/RO

Postar um comentário

0 Comentários