Após adequações e reforma, refeitório do Pronto-Socorro João Paulo II retorna com serviços de fornecimento de alimentos


Trabalho de higienização foi acompanhado pela Agevisa e após finalização da reforma, autorizado retorno da distribuição de refeições

Porto Velho, RO - Os alimentos voltaram a ser distribuídos a partir do refeitório do Hospital e Pronto-Socorro João Paulo II, em Porto Velho, na última sexta-feira (13), após breve período em que a unidade hospitalar foi interditada para a realização de obras de manutenção no espaço.

O refeitório ficou fechado por um intervalo, para a realização de pinturas e reparos na tubulação. Na mesma época, o local foi submetido à higienização no piso, bancadas, paredes e nos utensílios da cozinha como fogões, móveis, forno e câmara fria.

A partir da limpeza, a empresa contratada para realizar os serviços criou um projeto arquitetônico para reforma do espaço e iniciou reparos nos equipamentos e instalações físicas do refeitório e cozinha. Todo o trabalho foi acompanhado pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde – Agevisa e após a finalização da reforma e tratativas entre a Secretaria de Estado da Saúde – Sesau e Agevisa, a autorização foi dada para o retorno da distribuição de refeições no local.

“A liberação do refeitório é uma forma de colaborar com a saúde do paciente, que terá um local para manter seus alimentos conservados e com uma qualidade maior na hora do consumo”, explica o diretor da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima.

A cozinha ainda continua recebendo serviços que estão em fase de finalização dos reparos. A Sesau está desde o início realizando o acompanhamento dos serviços da empresa por meio da equipe de monitoramento da qualidade dos trabalhos prestados aos usuários do Sistema de Saúde do Estado, tendo como objetivo, realizar todas as medidas para o fortalecimento das tarefas de fornecimento de alimentação no Hospital e Pronto-Socorro João Paulo II.

Fonte: Governo de Rondônia


Postar um comentário

0 Comentários