Tribunais de Justiça de Rondônia e Roraima se reúnem para trocar experiências sobre índice de conciliação



Porto Velho, RO - A Justiça de Rondônia se reuniu, em 7 de abril de 2022, com o Tribunal de Justiça do Estado de Roraima com o objetivo de conhecer os procedimentos daquela instituição a respeito do índice de conciliação. Relacionado ao macrodesafio Prevenção de Litígios e Adoção de Soluções Consensuais para os Conflitos, o índice é o indicador da Meta Nacional 3, que visa estimular a comunidade a resolver seus conflitos mediante conciliação, mediação e arbitragem.

Segundo o Relatório Justiça em Números 2021, o índice de conciliação da Justiça Estadual ficou em 8,9%. O TJRO alcançou índice de 9,1%. Apesar de ser superior à média nacional dos tribunais estaduais, o Poder Judiciário de Rondônia busca outras experiências exitosas para aumentar ainda mais a conciliação, a exemplo da Justiça Estadual Roraimense que atingiu 15,2%.

O juiz de Direito Audarzean Santana, da comarca de Porto Velho, explicou que Rondônia tem fortalecido a atuação perante a conciliação, por um trabalho conjunto entre o Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos, as equipes dos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania e magistrados e magistradas, o que resultou no cumprimento inédito da Meta 3 no ano anterior.

Além do juiz Audarzean, também participaram da videoconferência, o juiz auxiliar da Presidência, Guilherme Ribeiro Baldan, bem como a equipe técnica do Tribunal de Rondônia, e a equipe da Justiça de Roraima, liderada pela secretária de Gestão Estratégica, Veruska Lobo.



Assessoria de Comunicação Institucional


Postar um comentário

0 Comentários