Em Vilhena, gás de cozinha atinge maior valor e chega a R$ 150

Em Vilhena, gás de cozinha atinge maior valor e chega a R$ 150

Porto Velho, RO - A última pesquisa realizada pelo Sistema de Levantamento de Preço da Agência Nacional do Petróleo mostra que, em Rondônia, Vilhena é o Município em que o produto atingiu o maior preço do botijão de gás de 13 kg do Estado, chegando a ser vendido, em alguns postos, pelo valor de R$ 150. 

A pesquisa foi realizada de 13 a 19 de março, em quatro municípios (Vilhena, Porto Velho, Cacoal e Pimenta Bueno), num total de 44 postos de abastecimento. Em Porto velho, o preço do botijão ao consumidor, é o mais barato, dentre os municípios pesquisados, com um preço médio de R$ 124. 


O imposto estadual sobre o gás de cozinha, o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), em Rondônia é de 12%, segundo a Sefin, uma alíquota praticada há 23 anos. Fazendo um comparativo, em março do ano passado, o GLP em Rondônia atingiu a marca dos R$ 100 e, há exatamente um ano, esse valor já subiu 50%.

Postar um comentário

0 Comentários