Diretorias de Educação e Fiscalização do Detran Rondônia unidas na ação “Duas Rodas, Uma só Vida” em Cacoal


Fiscalização e Educação unem forças na ação “Duas Rodas, Uma Só Vida”, em prol de um trânsito mais seguro

Porto Velho, RO -
O número de acidentes de trânsito envolvendo motocicletas em Rondônia é considerado alto. Para alertar a população sobre essa problemática o Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran-RO), por meio da Diretoria Técnica de Fiscalização e Ações de Trânsito (Dtfat), lançou no dia 10 de dezembro de 2019 a ação “Duas Rodas, Uma só Vida” um trabalho voltado exclusivamente ao motociclista.

E na quinta-feira (24), durante o Encontro Pedagógico que está sendo realizado na Regional de Cacoal, o diretor de Educação de Trânsito (Dtet), Ruymar Pereira propôs uma parceria com o departamento de Fiscalização para realizar a ação em Cacoal.

Ruymar Pereira disse que é um momento muito especial, um marco na história do Detran Rondônia onde a diretoria de Educação e de Fiscalização está unindo forças para trabalhar em parceria na ação “Duas Rodas, Uma Só Vida”, “em contato com o diretor Welton, sugeri a realização da ação aqui em Cacoal, já que estamos realizando o Encontro Pedagógico aqui, e agora conseguimos firmar essa parceria”, ressaltou.

O diretor de Educação de Trânsito disse que é um marco, um passo importante para uma caminhada que tem tudo para ser efetiva, não apenas com a ação “Duas Rodas, Uma Só Vida”, mas com outros projetos que poderão surgir em parceria entre Educação e Fiscalização, “o nosso diretor-geral, Paulo Higo, sempre fala que o Detran tem um tripé que é: Engenharia, Fiscalização e Educação”, afirmou.

O diretor-geral do Detran Rondônia, Paulo Higo Ferreira de Almeida, ressalta que o “Duas Rodas, Uma só Vida” consiste em orientar e conscientizar o condutor de motocicleta como deve agir na via, a chamada direção defensiva, tendo em vista que mais de 50% da frota do Estado de Rondônia é composta de motocicleta e por se tratar de um veículo que deixa o condutor e o carona muito vulnerável se tratando de segurança no trânsito.

“A ideia é fortalecer a ação “Duas Rodas, Uma Só Vida” numa ação conjunta envolvendo servidores da Educação e Fiscalização, quem ganha com isso é a sociedade que terá mais segurança no trânsito”, disse Paulo Higo.

As ações “Duas Rodas, Uma Só Vida” direcionada aos motociclistas serão desenvolvidas em todo o Estado

O diretor de Fiscalização e Ações de Trânsito (Dtfat), Welton Ribeiro, disse que o “Duas Rodas, Uma Só Vida”, é uma ação que deu certo e é uma forma de impactar o cidadão. Ele elogiou a postura do novo diretor de Educação de Trânsito, Ruymar Pereira, que é gente de trânsito, conhecedor do trabalho que é realizado pela Educação e também pela Fiscalização e sabe da importância do trabalho em conjunto em algumas ações em prol de um bem maior que é garantir segurança viária, “Educação e Fiscalização trabalhando juntos quem ganha com isso é a sociedade”, afirmou o diretor da Dtfat.

O chefe de Fiscalização da Regional de Cacoal, Diones Fuentes, que comandou a primeira ação conjunta “Duas Rodas, Uma Só Vida” de forma oficial envolvendo as duas diretorias, disse que a união dos agentes de trânsito da Fiscalização e da Educação terá um ganho significativo que irá refletir na sociedade, que terá mais segurança no trânsito, afirmou.

Em seguida, ministrou uma palestra para os servidores explicando qual o objetivo da ação “Duas Rodas, Uma Só Vida” e como que o trabalho seria desenvolvido na via, abordando os motociclistas fazendo a junção de orientar e fiscalizar se o condutor é ou não habilitado para conduzir motocicleta.

Motociclistas são convidados a assistirem um vídeo com acidentes de trânsito que poderiam ter sido evitados

O condutor da motocicleta é abordado na fiscalização e convidado para assistir um vídeo de cinco minutos que mostram vários acidentes de trânsito e como poderiam ser evitados. É uma forma de impactar o cidadão, pois aquele fato pode ocorrer com qualquer pessoa que faz uso da motocicleta se não seguir as regras de trânsito.

Enquanto os condutores estão assistindo ao vídeo, os agentes de trânsito da Fiscalização e Educação do Detran fazem a vistoria nas motocicletas e ao final o condutor é orientado a fazer as correções para deixar o veículo em condições de uso, conforme prevê a Legislação.

Os motociclistas são orientados pelos agentes, quanto aos cuidados que devem ter no trânsito para evitar acidentes e mortes. A imprudência aliada ao excesso de velocidade são as principais causas de sinistros no trânsito. Ações educativas voltadas para a direção defensiva, como o projeto “Duas Rodas, Uma só Vida”, são importantes para um trânsito seguro e humanizado para todos.

Fonte: Governo de Rondônia


Postar um comentário

0 Comentários