BID abre linha de crédito de US$ 1,2 bi para agropecuária no Brasil


Primeiro programa a ser contemplado será o AgroNordeste

Porto Velho, RO - O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) assinou um termo de cooperação com o governo brasileiro para destinar US$ 1,2 bilhão ao financiamento de projetos de desenvolvimento sustentável das cadeias produtivas agropecuárias.

A linha de crédito poderá ser utilizada por entes do governo federal e também estaduais. Instituições financeiras que atuem como intermediárias com o setor privado e atendam as normas da Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex) também terão acesso aos recursos.

Os recursos ficarão disponíveis por 10 anos para atender projetos de desenvolvimento rural que se enquadrem no plano estratégico 2020-2031 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

“Serão atendidas as áreas de defesa e inovação agropecuária – incluindo pesquisa, assistência técnica e extensão rural –, regularização fundiária e ambiental, além de sustentabilidade ambiental e resiliência às mudanças climáticas”, disse o governo, nesta quinta-feira (22), por meio de uma nota conjunta do Mapa e do Ministério da Economia.

De acordo com a nota conjunta, o primeiro programa a ser contemplado será Programa de Apoio ao Desenvolvimento Agropecuário do Nordeste (AgroNordeste), que receberá US$ 230 milhões.

Por intermédio do AgroNordeste, serão irrigados com recursos projetos que envolvam o fortalecimento econômico das cadeias agropecuárias nordestinas, como a ampliação da área livre de moscas-das-frutas, no Rio Grande do Norte e no Ceará, e a consolidação da Área de Proteção Fitossanitária de moscas-das-frutas, no Vale do São Francisco.

Fonte: Agência Brasil


Postar um comentário

0 Comentários