Uma bofetada na nossa cara com direito a aplausos



Porto Velho, RO - Hildon Chaves, prefeito de Porto Velho, garantiu em entrevistas concedidas durante as eleições 2020 que acabou dando lhe um segundo mandato, que o dinheiro público, o nosso dinheiro, seria muito bem aplicado em obras, infraestrutura e melhoria na qualidade de vida dos portovelhenses.

Qualidade de vida; diga-se uma cidade decente de se viver e de se orgulhar. Uma cidade de verdade, entende!

Passou 1 ano da sua reeleição, Hildon e 18 vereadores premiam os portovelhenses com gastos supérfluos e desnecessário neste momento delicado. Fica criado 198 cargos comissionados com impacto anual R$ 11 milhões aos cofres Públicos. Esses cargos serão divididos para os amigos, amantes, bofes e parentes dos amigos.

É uma bofetada na nossa cara. Enquanto o país e o mundo renasce de uma crise sem precedentes agravada pela pandemia, o Prefeito e 18 vereadores voltaram SIM para esse escárnio, esta vergonha e este crime contra a moralidade pública.

Parte destes vereadores ainda tiveram a ousadia de justificar o voto favorável à aprovação da vergonha. Segundo esses vereadores, eles não leram direito o projeto de lei da vergonha e acabaram caindo numa arapuca. É mole!

Realmente fica difícil em quem ter mais raiva: Do prefeito ou dos vereadores que concordaram com essa vergonha!

Prefeito Hildon Chaves preferiu o silêncio da repercussão negativa e de muito mal gosto!

Confira como foi a votação:





Jornalista Victoria Bacon
Porto Velho, Rondônia
𝐒𝐢𝐠𝐚 𝐚 𝐣𝐨𝐫𝐧𝐚𝐥𝐢𝐬𝐭𝐚 𝐕𝐢𝐜𝐭𝐨𝐫𝐢𝐚 𝐁𝐚𝐜𝐨𝐧 𝐧𝐚 𝐟𝐚𝐧𝐩𝐚𝐠𝐞: @𝐣𝐨𝐫𝐧𝐚𝐥𝐢𝐬𝐭𝐚𝐯𝐢𝐜𝐭𝐨𝐫𝐢𝐚𝐛𝐚𝐜𝐨𝐧


Postar um comentário

0 Comentários