Exclusivo: Empresário relata momentos que passou à mercê de bandidos

Bandidos estavam usando máscaras no queixo e toda ação foi filmada pelas câmeras de segurança

Porto Velho, Rondônia – Um assalto a mão armada ocorrido numa lanchonete da capital neste final de semana, colocou uma família na mira de armas de assaltantes, e por muito pouco não aconteceu uma tragédia.

O crime aconteceu numa lanchonete, que fica na Avenida Rio de Janeiro, com os bandidos chegando na hora em que o estabelecimento estava para encerrar o expediente, por volta da uma hora desta segunda-feira 24.

O proprietário conversou com a reportagem do Alô Rondônia sobre o incidente, relatando que foram momentos de pânico, muito mais em virtude do nervosismo e improvisação dos bandidos do que por ameaças ou agressões físicas por parte deles.

Tudo aponta que o que houve foi um crime de oportunidade e não planejado, uma espécie de arrastão.

O bando chegou fazendo correria, e já abordando um casal que deixava a lanchonete, pedindo as chaves do carro. O grupo se dividiu e uns foram para cima do pessoal do estabelecimento, enquanto os outros ficaram fazendo agitação do lado de fora.

Segundo a vítima, eram pelo menos cinco elementos, mas podia haver mais. Eles agiam de forma desconexa, como se estivessem meio fora de si. “Foi por isso que eu fiquei aterrorizado, pois só pensava que por nervosismo da parte deles pudesse haver violência mais contundente”, disse a vítima.

Os ladrões se atrapalharam muito, colocam terror contra os funcionários da lanchonete e mais gente que passava, chegando a roubar uma motocicleta cujo piloto passava pelo local.

Os filhos do empresário ficaram em pânico, gritavam muito e “foi muito difícil, mas consegui manter a frieza e tentando levar a situação para um desfecho sem sangue”, explicou a vítima.

Ele não sabe dizer quanto tempo levou a ação, mas o fato é que no final da história os bandidos levaram apenas três celulares e um veículo modelo Corsa bem antigo, que é usado exclusivamente para compras e outros serviços da empresa.

“Achei estranho, mas não levaram meu carro muito mais moderno, não mexeram no dinheiro do caixa e não pegaram Iphones de funcionários”, declarou o homem.

Ninguém ficou ferido, mas uma funcionária da lanchonete que sofre de asma acabou tendo uma crise da doença e passou mal. As crianças também ficaram muito abaladas.

Ainda durante a noite a moto do transeunte e o carro do empresário foram recuperados pela polícia, e pelo menos um criminoso foi preso.

“No final de tudo isso acredito que foi mais um susto significativo e um alerta para nós acerca da violência que paira em nossa cidade, a qual todos nós estamos expostos. Tenho certeza que o crime foi aleatório, e eles apenas enxergaram uma facilidade para nos atacar, sem premeditação ou planejamento, como muitas quadrilhas que estão aterrorizando Porto Velho”, finalizou a vítima.

Confira vídeo abaixo:

Postar um comentário

0 Comentários