Publicidade

Cancelamento de voos causa novo tumulto no aeroporto de Porto Velho


Na manhã desta sexta-feira (14), fila com dezenas de passageiros se formou no aeroporto. Um dos passageiros disse que está tentando voltar para Manaus porque viajou a Porto Velho para passar o fim de ano com a família.

Porto Velho, RO -
Um novo tumulto de passageiros foi registrado no aeroporto Governador Jorge Teixeira, em Porto Velho, na manhã desta sexta-feira (14). A confusão aconteceu após novos cancelamentos de voos da Azul.

Um dos voos afetados é o AD4544, que faz a rota Porto Velho/Manaus e Belém. Até o voo do domingo (16), por exemplo, já consta como cancelado pela companhia.

Ao jornalismo, o operador de máquinas Marcilei Ferreira, que trabalha em Manaus e veio à capital rondoniense para passar as festas de final de ano, falou do constrangimento ao questionar uma funcionária sobre o que ele devia fazer referente a sua responsabilidade no trabalho, uma vez que o compromisso do retorno na empresa deveria ter sido nesta sexta-feira.


Marcilei Ferreira tenta voltar de Porto Velho para Manaus pela Azul — Foto: Jheniffer Núbia/g1


"Eu disse pro pessoal no trabalho que me apresentaria nesta manhã para o serviço. Mas ontem de manhã a Azul me enviou um e-mail falando do cancelamento do voo e não me deu a opção de mudar o voo. Eu vim aqui ontem às 12h e a moça remarcou minha passagem para dia 17 e pediu para eu retornar hoje para tentar me realocar no voo de outra companhia, mas só tinha uma vaga na Gol. Quando expliquei minha situação para a atendente, que acho que é estagiária, ela me falou: 'o problema é seu'", desabafou Marcilei.

Marcilei também reclama da falta de assistência com hotel e alimentação, por parte da companhia.

Outra passageira que teve o voo cancelado foi Maria dos Anjos. Moradora de Manaus, a autônoma disse que a Azul a encaminhou para hotel, mas ela está preocupada com a falta de previsão de retorno para Manaus.

" Se eu não trabalhar, eu não tenho dinheiro. Eu preciso voltar para minha cidade. Estou tentando ir embora [de Porto Velho], mas estou perdendo as esperanças", comentou. Ela está em Rondônia com o filho de 12 anos.


Maria e o filho de 12 anos também tentam viajar de Porto Velho a Manaus — Foto: Jheniffer Núbia/g1

À reportagem, Maria disse que a companhia aérea remarcou sua passagem para o dia 17 de janeiro.

Em nota, a Azul disse que os voos estão sendo programados porque muitos de seus tripulantes estão afastados por questão médica.

"A Azul informa que, por razões operacionais, alguns de seus voos do mês de janeiro estão sendo reprogramados. A companhia registrou um aumento no número de dispensas médicas entre seus Tripulantes – casos esses que, em sua totalidade, apresentaram um quadro com sintomas leves - e tem acompanhado o crescimento do número de casos de gripe e covid-19 no Brasil e no mundo.

É importante ressaltar que mais de 90% das operações da companhia estão funcionando normalmente e que os Clientes impactados estão sendo notificados das alterações, reacomodados em outros voos da própria companhia e recebendo toda a assistência necessária conforme prevê a resolução 400 da Anac", disse.

Regras de viagem

Conforme a resolução nº 400 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que dispõe sobre as condições gerais de transporte aéreo, em caso de alteração de itinerário e horário dos voos a transportadora deve informar o passageiro em um prazo de, no mínimo, 72 horas.

A empresa deverá oferecer ao passageiro as alternativas de reacomodação e reembolso integral, caso:
Não cumpra o tempo prévio de aviso estabelecido;
A alteração do horário de partida ou de chegada ser superior a 30 minutos nos voos domésticos e a 1 hora nos voos internacionais em relação ao horário originalmente contratado, se o passageiro não concordar com o horário após a alteração.

Fonte: G1/RO

Postar um comentário

0 Comentários