Publicidade

Após um grave acidente pé e perna de motociclista ficam pendurados em fio de energia


Acidente aconteceu na altura do distrito de Terra Boa, em Alvorada do Oeste. Vítima, segundo o boletim de ocorrência, está em estado grave.

Porto Velho, RO - Um motociclista de 41 anos teve parte da perna e pé arremessados após colidir contra um carro modelo HR-V, na BR-429, distrito de Terra Boa, em Alvorada do Oeste (RO). Por causa da força da batida, os membros do homem foram arremessados e ficaram pendurados no fio de energia elétrica. O acidente aconteceu no final da tarde de domingo (9).

O boletim de ocorrência do acidente foi feito pela Polícia Militar (PM). Inicialmente o chamada falava sobre um acidente sem vítimas fatais no distrito de Terra Boa.

Ao chegar no local, a guarnição policial encontrou o condutor do carro e mais duas passageiras, que não sofreram escoriações. Já o piloto da motocicleta havia sido atendido e levado de ambulância ao hospital Municipal de Alvorada do Oeste.

Enquanto analisavam o cenário do acidente, os policiais perceberam que a perna e o pé do motociclista estavam pendurados no rio da rede elétrica, às margens da BR-429. Segundo testemunhas, os membros do piloto foram arrancados durante a colisão.

Para retirar a perna e o pé do fio de energia, uma equipe da Energisa foi acionada para ir até o distrito de Terra Boa.

Ao jornalismo, a assessoria da Energisa informou ter sido necessário fazer o desligamento da energia na região. Isso para que os funcionário realizassem o protocolo de retirada dos membros com segurança. O procedimento durou cerca de 10 minutos.

Logo depois, uma equipe da PM foi ao hospital para verificar o estado de saúde do piloto. De acordo com a informação obtidas pela guarnição, a vítima estava internada em estado grave.

Como aconteceu o acidente ?

Segundo relato de testemunhas, o condutor do carro seguia pela BR-429, de Alvorada do Oeste sentido São Miguel, e ao passar pelo Distrito de Terra Boa, se deparou com uma motocicleta no sentido contrário, momento em que houve a colisão.

Fonte: G1/RO

Postar um comentário

0 Comentários