Publicidade

Rondoniense que mora nos EUA faz alerta aos que pretendem imigrar; “Muitos estão enganados, serão deportados!”


Porto Velho, RO - O internauta Claudemir que atualmente reside e trabalha nos Estados Unidos, procurou o site Jaru Online para fazer um alerta, em especial aos Rondonienses que pretendem entrar  ilegalmente naquele país.

Ao notar o aumento no número de moradores de Jaru que estão vendendo seus bens e se endividando para ir para América em busca de trabalho, ele achou por bem compartilhar seus conhecimentos e instruir estas pessoas que estão entrando nesta aventura, motivados apenas pelo desconhecimento, “muitos estão vindo enganados e não sabem da nova lei, serão deportados”, disse ele.

Claudemir compartilhou um vídeo do advogado de imigração Dr. Danilo Brack, onde ele explica detalhadamente a condição jurídica em que as pessoas irão ficar ao adentrar nos EUA e serem capturados pela imigração.

De acordo com Dr. Danilo, novas regras em vigor naquele país, instruem que as cortes julguem deportação de imigrantes ilegais no prazo máximo de um ano, período que dificilmente será suficiente para o imigrante recuperar o dinheiro gasto com a viagem.

O advogado também ressaltou que 99% dos pedidos de asilo são negados, e que outra alternativa utilizada é o casamento com um cidadão ou cidadã americana, porém esta alternativa tem sido considerada inviável.

Acompanhe o vídeo:



Imigrantes são monitorados com tornozeleiras eletrônicas

O que você precisa saber, mas poucos falam, é que os imigrantes que são capturados pelos agentes de imigração tentando entrar pela fronteira do México no chamado “cai, cai” normalmente organizados pelos coiotes mexicanos, podem adentram o Estados Unidos na condição de infratores, para isto eles são qualificados e liberados para comparecer as cortes de imigrações, onde irão apresentar para apreciação os seus pedidos de asilo, mas neste período permanecerão com tornozeleira eletrônica.

Os indocumentados como são chamados, que usam esse equipamento têm que estar no máximo a 70 quilômetros de distância de casa.



E viável trabalhar nos EUA como imigrante ilegal?

Depoimento de brasileiros que residem a alguns anos nos EUA, demonstra que esta pergunta pode ser subjetiva, pois existe vários fatores a serem avaliados.

Nos segmentos empregatícios de maiores imersões de imigrantes, aqueles que pagam menores ordenados na mão de obra, como: trabalho em bares, lavadores, obras, babás, empregadas domésticas, etc., a relação entre faturamento e despesas não tem sido muito atrativa ultimamente.

O imigrante irá ganhar em dólar, porém não pode esquecer que suas despesas também serão nesta mesma moeda.

De acordo com o depoimento de brasileiros que já residem naquele país, um imigrante trabalhando bastante irá ganhar em torno de $ 150,00 a $ 200,00 dólar ao dia, por outro lado suas despesas serão de $ 50,00 em média, de aluguel, $ 50,00 com babá, caso tenha filhos, e outros $ 50,00 com gastos diversos, mantendo uma certa contenção, ou seja, gastará o mesmo valor que ganha, ou terá uma pequena sobra.

“Os Estados Unidos continua sendo o país das oportunidades, mas com realidade diferente de 15 anos atrás”, relata um brasileiro.




Fonte: Jaru Online

Postar um comentário

0 Comentários