Publicidade

Polícia investiga morte de ex presidiário após ataque a tiros de motoristas de aplicativo na capital


Porto Velho, RO -
O ex presidiário Adeilson Ramos Ferreira, 28 anos, foi executado nesta madrugada de sexta-feira (17), ao levar um tiro no tórax na frente de uma residência localizada na Rua Batista Neto, bairro Teixeirão, zona leste de Porto Velho.

De acordo com base as informações que a Polícia Militar registrou no boletim de ocorrência, a guarnição foi acionada para atender um crime de homicídio, onde um elemento teria sido baleado na rua e havia corrido e caído na lateral de uma casa e morreu no local.



Quando os policiais chegaram no local constataram a denúncia e solicitaram uma equipe do Samu onde o médico pode constatar o óbito da vítima e o local foi mantido isolado e a perícia criminal junto com o rabecão foram acionados para fazer os trabalhos necessários.

A Polícia apurou que a vítima pode ter sido morto enganado por um grupo de motoristas de aplicativos que estavam atrás de um assaltante na região, sendo que um dos suspeitos estava armado e pode ter sido também o autor de uma outra tentativa de homicídio alguns metros dali onde a vítima foi morta.

Após os trabalhos da perícia o corpo da vítima foi removido pelo rabecão e levado para o Instituto Médico Legal para necropsia. Uma equipe de investigadores da delegacia de homicídios estiveram no local e agora seguem com as investigações, para tentar descobrir sobre o atirador.

Postar um comentário

0 Comentários