Publicidade

KITS NATALINOS - Traficantes que sorteavam 'narcocestas' de Natal com drogas são presos


'Kits' natalinos continham cocaína, haxixe, álcool, dinheiro e um presunto curado. Polícia Nacional desmontou ponto de venda de drogas e apreendeu 165 pés de maconha e outros entorpecentes

Porto Velho, RO -
Dois traficantes foram presos na cidade de Múrcia, na Espanha, nesta terça-feira, suspeitos de sortear duas "narcocestas" natalinas contendo dinheiro, álcool, drogas e até um presunto curado.

As cestas seriam sorteadas no Natal e no dia seis de janeiro, data em que se comemora o dia de Reis. Elas estavam sendo rifadas pelo valor de cinco e dez euros, respectivamente, o equivalente a R$ 32,00 e R$ 64,00.

A Polícia descobriu o caso por uma denúncia de ponto de venda de drogas. Após confirmar as suspeitas, os investigadores obtiveram a ordem obrigatória para entrar na casa e revistar as instalações, além de um endereço em que as drogas eram cultivadas e armazenadas.


Foram apreendidos 165 pés de maconha, cultivados em ambientes internos com o uso de equipamentos Foto: Divulgação/Policía Nacional

Na operação, os agentes prenderam duas pessoas e apreenderam 165 pés de maconha, um quilo de maconha picada, mais de cinco quilos de botões de maconha e várias quantidades de cocaína e haxixe. Eles também desmontaram uma espécie de estufa composta por 33 lâmpadas halógenas, transformadores, um exaustor e quatro aparelhos de ar condicionado, que eram usados para cultivar a droga em um ambiente interno.

Durante a busca, os policiais localizaram um na parede da casa um quadro com uma tabela dos participantes do sorteio das cestas. Em um dos sorteios, especificamente, o 'kit de natal' continha cinco gramas de cocaína, "25 gramas de pólen [cannabis] ou meia hora na Casa Rosa [um bordel em Múrcia]", 50 euros em dinheiro, uma garrafa de Cardú, uma caixa de tabaco para escolher e um presunto de parma gran reserva de oito quilos. Na outra 'narcocesta', havia uma caixa de fumo, uma garrafa de Chivas, "um grama e meio de farlopa" (cocaína) e "dois gramas de erva".


Tabela mostrava o conteúdo das cestas e os números dos participantes Foto: Divulgação/Policía Nacional

Os detidos, dois homens de 30 e 45 anos, um de nacionalidade espanhola e outro argentino, foram apresentados à autoridade judiciária como supostos autores de crime de tráfico de drogas e outro de fraude de energia elétrica.

Fonte: O Globo

Postar um comentário

0 Comentários