Publicidade

Guajará-Mirim tem força de segurança elevada com implantação do “Grupo de Ações Penitenciárias Especiais”

O núcleo contará inicialmente com a atuação de 15 policiais penais

Porto Velho, RO - No início da semana foi instaurado no município de Guajará-Mirim, o Grupo de Ações Penitenciárias Especiais (Gape).

O planejamento do núcleo iniciou ainda em 2019, após análise da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), que considerando o distanciamento territorial entre as duas unidades prisionais, com a base do grupamento especial mais próxima em Porto Velho, impedia uma ação célere caso houvesse necessidade. A Sejus visou também atender às necessidades de escoltas e intervenções operacionais nas unidades.

Todo o treinamento para formação da equipe foi aplicado pela Escola Estadual de Serviços Penais (Esep). Em agosto, foi realizado o curso de Incursão em Ambiente Prisional, visando a formação do Gape no município. Foram 42 inscritos, que durante nove dias mantiveram-se em regime de internato, recebendo treinamentos nos três turnos, incluindo também as madrugadas. Inicialmente o núcleo contará com a atuação de 15 policiais penais.

O secretário de Estado da Justiça, Marcus Rito, destacou que para manter a segurança dentro das unidades é essencial a rotina laboral praticada no dia a dia pelos policiais penais, que são peças fundamentais para a manutenção da disciplina, da ordem e da segurança.

“A Sejus sabe que apesar de todo esforço aplicado, é possível que interrupções dessa ordem possam ocorrer, por isso, se faz necessário que se tenha um grupo especializado para intervenção. Considero a implantação do Gape, feita na gestão do governador Marcos Rocha, um ganho para a Sejus e toda sociedade rondoniense”, finaliza Marcus Rito.


O curso foi realizado com a participação de 42 profissionais

A policial penal, Cleicivânia Lima Camargo, que há 16 anos atua no sistema, agora é integrante do Gape, e ressalta a importância de ter esse núcleo no município. “Um sonho realizado em Guajará. A equipe está capacitada e empenhada para atender todas as expectativas depositadas em nós. O objetivo é a união com outras forças policiais da cidade, oferecendo segurança a nossa população”, explica.

O sistema Penitenciário do Estado de Rondônia conta hoje com 6 núcleos do Gape, sendo em Porto Velho, Ji-Paraná, Cacoal, Rolim de Moura, Pimenta Bueno e agora em Guajará-Mirim.

A solenidade ocorreu na Câmara de Vereadores, com o apoio do presidente, João Vanderlei. Na ocasião, estavam presentes o coordenador do sistema penitenciário, Célio Luiz de Lima, o gerente regional Valdomiro Silvino de Melo, os vereadores e policiais Romerito Pereira e Rivan Ergues, o vereador Marcos Crispin e representando o 6º Batalhão de Infantaria de Selva de Guajará-Mirim o 2º Tenente Murcia e o Comandante do Corpo de Bombeiros 1º Tenente, Josimar Ribeiro Bragado.


Texto: Thayná Machado e Taiana Mendonça
Fotos: Taiana Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários