Publicidade

TRIBUNAL DO CRIME - Suspeita é presa por suposto envolvimento em ´suicídio` de apenado



Porto Velho, RO - A Delegacia em Crimes Contra a Vida pediu a prisão de uma mulher identificada como Vanessa Marques de Moraes por envolvimento na morte do apenado Ariel Barroso Trifiates, na época com 21 anos, encontrado morto, enforcado, no dia 16 de fevereiro de 2020, na Colônia Penal de Porto Velho.

As informações da Polícia Civil mostram que a vítima foi executada por membros da facção criminosa denominada Comando Vermelho – CV, dando-se “contornos de suicídio para assegurar a impunidade do crime hediondo, um verdadeiro extermínio pelo Tribunal do Crime pela facção”.

Vanessa está presa e entrou com um pedido de habeas corpus junto ao Juízo da 2ª. Vara do Júri de Porto Velho, alegando ser mãe de quatro crianças menores de doze anos. O pedido foi negado, pois o tipo de crime que foi praticado (mediante violência) não se enquadra no tipo penal previsto pelo STF.

Postar um comentário

0 Comentários