Publicidade

Qualidade do café de Rondônia conquista novos consumidores no mercado externo, destaca Cirone Deiró


A conquista de cinco prêmios no 'Coffee of the Year 2021' demonstra o protagonismo da cafeicultura rondonienses na 9º Semana Internacional do Café e conquista novos mercados

Porto Velho, RO - 
As mulheres cafeiculturas rondonienses assumiram a liderança na categoria de fermentação induzida canéfora. Pelo segundo ano consecutivo, o primeiro lugar foi conquistado por uma cafeicultora rondoniense.

No ano passado o troféu foi para Ediana Capich, em 2021, o prêmio foi conquistado pela cafeicultura Poliana Perrut de Lima.

Ainda na categoria de fermentação induzida canéfora, Alessandra Inácio Lopez Frez ganhou o segundo lugar e que teve o cafeicultor Geanderson Gambarte Vieira no terceiro. Todos do município de Novo Horizonte do Oeste, que se desponta pela excelência na produção do grão.

Já os cafeicultores cacoalenses Deigson Mendes Bento e Dione Mendes Bento conquistaram o segundo e terceiro lugar respectivamente na categoria canéforas naturais.

Os vencedores integram a região das Matas de Rondônia, resultado do trabalho da Associação Brasileira de Desenvolvimento Industrial-ABDI, em parceria com Associação Brasileira de Café-ABIC, Conselho dos Exportadores de Café do Brasil, Embrapa, Emater e prefeituras.

Ainda quando foi vice-prefeito de Cacoal, o deputado Cirone Deiró (PODE) trabalhou para viabilizar o projeto que resultou na Indicação Geográfica do Café, Matas de Rondônia. A identidade territorial é um conceito inovador que busca destacar as particularidades da produção rural em relação a condições geográficas, físicas e humanas de localidades e regiões.

Além da Capital do Café, integram a Indicação Geográfica Matas de Rondônia, os municípios de Rolim de Moura, Espigão d’Oeste, Ministro Andreazza, Alta Floresta do Oeste, Alto Alegre dos Parecis, São Miguel do Guaporé, Alvorada d’Oeste, Santa Luzia d’Oeste, Novo Horizonte d’Oeste, Seringueiras, Primavera de Rondônia, São Felipe d’Oeste e Castanheiras.

Em 2019, foi constituída a Cafeicultores Associados da Região Matas de Rondônia-Caferon. A associação que conta com cerca de 400 cafeicultores tem apoiado dos produtores que integram a Indicação Geográfica, Café de Rondônia. Na presidência da associação está o cafeicultor e empresário Juan Travain, que se tornou referência na qualidade e produção do grão.

De acordo com o deputado Cirone Deiró, a Semana Internacional do Café contou com a participação de mais de 80 expositores que trouxe as mais recentes inovações para a cafeicultura revelando novas oportunidades para toda a cadeia brasileira do café.

Além dos representantes dos setores de máquinas, indústria e comércio que demonstram a busca do mercado por um produto de excelência qualidade. “A Semana Internacional do Café atualizou os cafeicultores e toda a cadeia produtiva sobre as inovações que poderão ser aplicadas nas lavouras, incluído os desafios pós pandemia, sustentabilidade e mudanças no perfil de consumo”, concluiu.

Texto e foto: Assessoria

Postar um comentário

0 Comentários