Publicidade

O DIA NA HISTÓRIA

BOM DIA 8 DE NOVEMBRO!

COMEMORA-SE

Dia Nacional do Médico Radiologista. Dia Internacional da Radiologia

Dia do Radiologista, Dia Mundial do Urbanismo.

Católicos lembram São Deodato, Santa Tais e Quatro Mártires Coroados.

BRASIL

1763- Nasce José Bonifácio, o “patriarca da independência”. 

1799 — Fim mal sucedido da Conjuração Baiana: Todos os líderes são executados. 

1884 — José Maria Lisboa e Américo de Campos fundam o jornal "Diário Popular", agora “Diário de São Paulo”, digital. 

1934- Morre o cientista Carlos Chagas, descobridor do protozoário causador da doença de Chagas. 

1986- Realizado no Brasil o primeiro transplante cardíaco da América do Sul, em uma criança de 7 anos.

FATOS:

1602 — Aberta ao público a Biblioteca da Universidade de Oxford. 165 - Nasce Edmond Halley, astrônomo e matemático inglês, que determinou a periodicidade dos cometas. 

1793 — Primeira abertura do Louvre ao público como museu. 

1887 — Emile Berliner patenteia o Gramofone (Gira-discos). 

1895 - O alemão Wilhem Conrad Rontgem descobre o raio-X. 

Em 1923 — Putsch da Cervejaria: nazistas tentam e não conseguem derrubar o governo alemão. 

2011 — O asteroide 2005 YU55 passa a 0,85 distância lunar (mais próxima) da Terra (cerca de 324 600 KM).

FOTO DO DIA

Outubro de 1940. Para que Getúlio Vargas – que ficaria em Porto Velho apenas três horas, mas ficou mais de 48 - pudesse ocupar seu tempo, o capitão Aluízio Ferreira, então a maior autoridade local, ‘deu tratos à bola”. 

Da chegada à partida foram muitos desfiles, visitas, inaugurações, inclusive do colégio Barão de Solimões, ida a um sítio na (hoje) BR-364, à altura da AABB, onde tomou cafezinho e se intrigou em como abrir um ouriço de castanha, mesmo espaço onde Aluízio mostrou ao presidente o andamento da rodovia que estava sendo aberta no sentido de Ariquemes. 

Uma das visitas foi ao Instituto Maria Auxiliadora (salesianas). 

A foto é da visita do presidente, ele na primeira linha, com o chapéu e aplaudindo. 

À sua direita o capitão Aluízio Ferreira, e à esquerda, supostamente, a irmã diretora da escola. (F. Anísio Goraieb cedida a Lúcio Albuquerque).

Postar um comentário

0 Comentários