Publicidade

Setic é responsável pelo acesso ao Banco de Dados sobre covid-19 no sistema eSUS-VE

 

A Setic fará a automatização das informações e enviará para o Cievs revisar e finalizar

Porto Velho, Rondônia - Os dados sobre covid-19 em Rondônia passaram por mudanças em sua captação desde o último dia 1º de outubro. Registros de novos casos, óbitos, pessoas curadas e demais informações sobre a doença são acessadas no Banco de Dados do eSUS-VE (Datasus) pelo Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic).

Esse trabalho foi realizado pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), por meio do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), desde o início do monitoramento dos casos, em março de 2020.

Gilvander Gregório de Lima, diretor-geral da Agevisa, explica que o acesso é feito junto ao Banco de Dados do eSUS-VE e, a partir de 1º de outubro, a Setic passou a ser detentora das credenciais de acesso ao Banco.

A Setic fará a automatização das informações e enviará para o Cievs revisar, finalizar e enviar para a confecção dos documentos oficiais do Governo de Rondônia, como o Relatório de Ações e Boletim diário sobre Coronavírus em Rondônia. A emissão de planilhas diárias com os dados será mantida. “Rondônia se destaca neste sentido”, cita Gilvander Gregório.

“Ao longo desse tempo, o Cievs emite o relatório diariamente, o que não é usual em outros Estados. Isso sempre nos deixou tranquilos, pois as atualizações e ajustes do Banco de Dados sempre foram feitos com pontualidade pelos técnicos do Cievs. E as qualificações do Banco sempre foram informadas à população, por meio dos documentos oficiais, que enviamos à imprensa e demais plataformas de comunicação”, destaca o diretor.

A mudança no acesso ao Banco ocorreu em paralelo à mudança na base nacional de dados do sistema e-SUS VE, entre o final do mês de setembro e início do mês de outubro. “Por causa dessa mudança estrutural foram necessárias a adequação e a automatização das informações”, explica Eduardo Honda, coordenador do Cievs/Agevisa.

Foi também em decorrência da mudança na base nacional que não houve emissão do boletim diário sobre coronavírus no período de 1º a 5 de outubro. “Quando os dados voltaram a ser publicados, na quarta-feira (6), já trouxeram a assinatura da Setic, que está dando esse suporte neste sentido”, reforça Gregório.

eSUS-VE

O sistema eSUS-VE é utilizado para registrar as notificações e cadastro das informações de pacientes referentes a covid-19.

Fonte: Secom

Postar um comentário

0 Comentários