Publicidade

Batalhão de Polícia Ambiental recebe dez viaturas da Sedam; proposta é reforçar proteção ao meio ambiente


Veículos entregues vão reforçar as ações da Polícia Militar para proteção e fiscalização do meio ambiente

Porto Velho, Rondônia - Para reforçar a fiscalização de crimes contra o meio ambiente, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), realizou nesta sexta-feira (8) a entrega de dez viaturas para a Polícia Militar, para reforçar a frota do Batalhão da Polícia Ambiental (BPA). A entrega ocorreu no pátio da Sedam Campus, em Porto Velho.

O secretário adjunto da Sedam, Demargli Farias, fez a entrega das chaves das caminhonetas, que vai dar condições e celeridade nas ações de fiscalização e proteção ambiental que são realizadas BPA, em parceria com a Coordenadoria de Proteção Ambiental da Sedam (Copam).

Na solenidade foram entregues dez veículos a BPM

“É uma preocupação do governador Marcos Rocha e do gestor da Sedam, Marcílio Leite, para que possamos desenvolver cada vez mais as ações internas da nossa Coordenadoria de Proteção Ambiental, como também potencializar a parceria existente com a Polícia Ambiental. Com estas ações em conjunto, faremos uma verdadeira proteção ambiental em Rondônia”, explicou o secretário adjunto da Sedam, Demargli Farias.

O secretário adjunto da Sedam, comentou ainda que a Secretaria tem atuado no planejamento para adquirir mais veículos e equipamentos de trabalho, assim como realizar mais cursos de aperfeiçoamento com os servidores, na proposta de capacitar as equipes de fiscalização.

“É um ganho para a Polícia Militar, em especial a polícia ambiental com equipamentos novos e bem equipados, para o desenvolvimento das atividades que terá mais este aporte. A fim de atender a todo nosso estado por meio do policiamento ambiental”, destacou o subcomandante-geral da PM, coronel Plínio Sérgio Cavalcante.

Com reforço na Polícia Ambiental, a Sedam vai expandir o espaço de atuação para atender ainda mais registros de denúncias e trabalhar na fiscalização das florestas e Unidades de Conservação.

“Hoje, temos um importante braço do BPA, da Polícia Militar, com policiais habilitados por força do decreto estadual, a exercer o poder policial administrativo, ou seja, a lavratura de toda documentação administrativa, como auto de infração, apreensão entre outros. Este braço está distribuído em várias localidades do interior do Estado, assim como também dentro da Secretarias, temos os Ergas, escritórios regionais da Sedam, que possuem profissionais capacitados e habilitados para atuarem na proteção ambiental” apontou o coordenador da Copam, Marcos Trindade.

O adjunto da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), Hélio Gomes Ferreira, enfatizou a importância das parcerias entre os órgãos, nas ações promovidas pelo Estado. “O Governo de Rondônia tem trabalho muito para a proteção do meio ambiente, e juntos vamos trabalhar para atender a população da melhor forma possível”.

Solenidade contou com participação da equipe da PM e demais autoridades

“É de grande valia para a Polícia Militar este recebimento, estamos colocando 170 homens por dia no combate aos crimes ambientais em todo Estado. A gente precisa destes equipamentos para que possamos fazer frente ao desmatamento. É preciso que o polícia esteja bem equipada, para chegar aos lugares de menos acesso. A Sedam tem proporcionado, isto, assim como o primeiro curso de fiscalização ambiental, que foi idealizado com o BPM para capacitar nossos policiais”, pontuou o comandante-geral da PM, coronel Alexandre Luís de Freitas Almeida.

Após o ato de entrega dos veículos os participantes conheceram o Laboratório de Geociências (Cogeo) e a Sala de Situação da Sedam, utilizados para o controle do desmatamento e queimadas ilegais, além de integrar os sistemas de monitoramento ambiental, Cadastro Ambiental Rural (CAR), Programa de Regularização Ambiental, Zoneamentos e Cartografia.

Estiveram presente na solenidade o comandante do BPA, major PM Glauber Souto, equipe do BPM e servidores da Sedam.

Fonte: Secom

Postar um comentário

0 Comentários