Publicidade

Palmeiras bate a Chapecoense e volta a vencer fora de casa

O jogo foi decidido no primeiro tempo


Porto Velho, Rondônia - Na abertura da 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras venceu a Chapecoense por 2 a 0 na Arena Condá, em Chapecó, com gols de Raphael Veiga e Luiz Adriano. A equipe de Abel Ferreira não ganhava fora de casa há três jogos.

Com a vitória conquistada neste sábado, o time alcançou os 38 pontos na tabela e irá permanecer na vice-liderança até o final da rodada. Já a Chape, que venceu sua primeira partida na competição na última rodada, diante do Red Bull Bragantino, conheceu sua 13ª derrota no torneio.

O próximo compromisso dos comandados de Abel Ferreira é contra o Atlético-MG, na terça-feira, às 21h30, pela semifinal da Libertadores. Já o time catarinense volta a campo apenas no próximo final de semana, pelo Brasileirão, contra o Ceará.

A primeira boa chance da partida veio nos pés de Busanello, logo no primeiro minuto de jogo. Ele cobrou falta rasante, de fora da área, forçando Weverton a fazer a primeira defesa da partida.

Após o susto inicial, o Palmeiras passou a controlar a posse de bola, enquanto a Chape apostava em saídas de bola com os defensores. Com Abel Ferreira pedindo paciência, o time palmeirense abriu o placar na Arena Condá. Dudu iniciou jogada pelo meio e tocou na direita para Wesley. O camisa 11 conduziu e rolou para Raphael Veiga. O meia chutou forte e estufou as redes de Keiller.

Mesmo com a vantagem no ataque, os visitantes não tiraram o pé do acelerador. Aos 16, Dudu puxou contra-ataque e serviu Veiga. O meia, sem ângulo, arriscou para o gol, e Keiller impediu o gol.

Dois minutos depois, Wesley perdeu oportunidade de ouro para ampliar. O camisa 11 aproveitou erro na saída de bola dos mandantes, invadiu o lado direito da área e tentou por cobertura, mas o goleiro defendeu. Mas não demorou para o segundo tento palmeirense.

Aos 27, outra bonita jogada de infiltração palmeirense que resultou em gol. Dudu deu lindo passe para Veiga, que foi bloqueado. Piquerez pegou o rebote e cruzou para Luiz Adriano empurrar para as redes. Os visitantes terminaram o primeiro tempo com amplo controle da partida.

Segundo tempo morno

Depois do intervalo, Abel Ferreira fez uma mudança tripla na equipe, e o técnico Pintado adotou a mesma estratégia, mudando três peças na equipe da casa. Com as alterações, a Chapecoense passou a concentrar seus ataques pelo lado esquerdo da defesa palmeirense, enquanto os visitantes recuaram as linhas de marcação.

A Chape aproveitou a mudança de postura do Verdão e passou a ocupar o campo de ataque, mas sem conseguir criar uma chance perigosa. A única boa investida do Palmeiras no segundo tempo com Dudu pela esquerda, mas o atacante chutou em cima de Keiller.

Embora mais agressiva em quase todo o segundo tempo, a Chapecoense não conseguiu marcar e saiu derrotada da Arena Condá.

Fonte - Terra

Postar um comentário

0 Comentários