Publicidade

Americanos confirmam existência de serial killer brasileiro no passado recente do país

Crimes aconteceram há vinte anos


Porto Velho, Rondônia
- Um serial killer brasileiro que mais tarde morreu em um acidente de avião no Paraguai é o responsável pelo assassinato de três mulheres, cometidos há cerca de 20 anos na Flórida, informou a polícia americana nesta terça-feira (31). A reportagem é do portal G1.

Roberto Wagner Fernandes morou em Miami nos anos 1990 e início dos anos 2000 e seus restos mortais foram exumados há vários meses, o que permitiu que autoridades americanas conseguissem vincular de forma conclusiva o seu DNA aos três assassinatos.

Fernandes também pode ser responsável por outros assassinatos nos Estados Unidos, segundo o Gabinete do Xerife do Condado de Broward, no sudeste da Flórida.

A polícia americana diz que Fernandes foi acusado pelo assassinato de sua esposa em 1996 no Brasil, mas foi absolvido e se mudou para Miami, onde trabalhou como comissário de bordo e motorista de ônibus de turismo.

A primeira vítima foi Kimberly Dietz-Livesey, de 35 anos, cujo corpo foi encontrado dentro de uma mala em junho de 2000 em Cooper City, a sudoeste de Fort Lauderdale.

Dois meses depois, o corpo de Sia Demas, de 21 anos, foi encontrado dentro de uma mochila à beira de uma estrada em Dania Beach.

Dietz-Livesey e Demas foram espancadas até a morte.

Uma terceira vítima, Jessica Good, de 24 anos, foi esfaqueada. Seu corpo foi encontrado flutuando na Baía de Biscayne, em Miami, em agosto de 2001. Após se tornar suspeito do assassinato de Good, Fernandes fugiu para o Brasil, que não tem tratado de extradição com os EUA.

Os investigadores conseguiram comparar o DNA e as impressões digitais do assassinato de Good às mortes de Dietz-Livesey e Demas em 2011, e a busca por Fernandes foi retomada.

As impressões digitais tiradas de Fernandes após a morte de sua esposa no Brasil corresponderam às que foram colhidas na cena de um dos crimes nos EUA, segundo a rede de televisão CBS.

Após descobrir que Fernandes, um piloto licenciado, morreu em um acidente de avião em 2005, enquanto voava do Brasil para o Paraguai, as autoridades foram procurar seu túmulo.



Postar um comentário

0 Comentários