Publicidade

Com interesses distintos, grupos preparam manifestações para o Sete de Setembro em Porto Velho

Carlinhos Camurça é um dos organizadores


Porto Velho, Rondônia - Seguindo movimento previsto para acontecer em todo o país, a capital de Rondônia será cenário de diversas manifestações nesta terça-feira 07, com grupos distintos defendendo bandeiras variadas em nome do civismo.

A previsão é que estejam nas ruas pessoas representando o agronegócio, o empresariado em geral, grupos religiosos e personalidades da política, cada qual carregando sua bandeira própria.

Haverá a defesa do agronegócio, o protesto contra o STF, o pedido por voto impresso, apoio ao presidente e muita gente colocando o bloco nas ruas já de olho nas eleições do ano que vêm, tentando pegar uma carona no movimento do Sete de Setembro.

Estão previstas comitivas dos mais variados segmentos da sociedade, além de muito barulho através dos trios-elétricos do ex-prefeito de Porto Velho, Carlinhos Camurça, que busca ressurgir no cenário político na condição de pré-candidato a algum cargo legislativo no próximo ano.

Em entrevista por telefone ao Alô Rondônia, Carlinhos declarou que o manifesto será “ordeiro e pacífico, sem críticas a ninguém em especial, e defendendo pautas do empresariado e na busca do desenvolvimento e progresso do Brasil”.

Ele informou que a concentração para o manifesto será na BR 364, imediações da Embrapa, e segue até o Espaço Alternativo, onde haverá discursos de expoentes das categorias que se farão presentes na ação.

O Movimento Direita Rondônia também deverá estar nas ruas com seus quadros mais relevantes que podem disputar as eleições de 2.022.

Fontes do site informam que o grosso das manifestações devem se concentrar no Espaço Alternativo, onde a movimentação já começou na véspera dos atos, e que o acesso ao aeroporto da capital poderá ser bloqueado.

Por enquanto as autoridades de Porto Velho não anunciaram nenhuma medida de segurança relacionada ao movimento.

Postar um comentário

0 Comentários