Publicidade

Depois de 19 dias de internação, ex-presidente da Câmara Municipal de Vilhena morre de Covid

Cabo João ainda era influente na política local


Porto Velho, Rondônia - Faleceu na noite de ontem (terça-feira 22), no Hospital dos Acidentados de Cacoal, o ex-presidente da Câmara Municipal de Vilhena e vereador por vários mandatos na cidade João Batista Gonçalves, o “Cabo João”.


Ele foi diagnosticado com a doença no final do mês passado e internado no início de junho, e devido ao grave quadro que apresentava e dado a fala de vagas na UTI vilhenense naquela ocasião, acabou sendo transferido para a cidade da região central, onde acabou sendo intubado depois que as complicações agravaram seu estado de saúde.

Cabo João era diabético, comorbidade que certamente teve influência na evolução do quadro clínico, que acabou levando-o a morte.

Marido da atual vereadora Nica Zilli, ele atualmente se dedicava ao ramo da construção civil, mas tinha bastante influência no meio político local, tanto que a esposa agregou o nome do marido em seu material de campanha, e é conhecida em Vilhena como “Nica Cabo João”.

O sepultamento de João Batista Gonçalves será realizado hoje, mas não há detalhes sobre onde e como será realizada a cerimônia.

Postar um comentário

0 Comentários